Páginas

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Legado de Temer inclui corte bilionário na educação


 



 
A educação infantil, apesar de inscrita na Constituição como dever do Estado, foi durante muito tempo tratada como atividade filantrópica. Os governos do PT mudaram essa realidade com a criação de políticas educacionais voltadas à primeira infância. Mas essas conquistas vêm sendo jogadas no lixo com sucessivos cortes orçamentários da gestão Michel Temer.
O tema é tratado no informativo Argumento desta semana, elaborado pela assessoria da Liderança do PT no Senado. Só como exemplo de legado deixado pelas gestões petistas, o programa Brasil Carinhoso – lançado em 2012 pelo governo Dilma Rousseff – retirou mais de oito milhões de crianças e adolescentes da extrema pobreza desde a sua criação, beneficiando famílias que reúnem 16,4 milhões de pessoas.
Na contramão da política de ampliação dos investimentos, o governo Michel Temer passou a tratar a educação como gasto, protagonizando iniciativas que afetam diretamente a educação infantil. Prova disso é o contingenciamento de recursos de R$ 4,3 bilhões do orçamento do Ministério da Educação, este ano.
Essa visão acabou afetando o Brasil Carinhoso. O governo atual aprovou a Lei 13.348/2016, que restringe o acesso dos municípios aos recursos do programa, penalizando municípios com menos capacidade de investimento.
Outra iniciativa penalizada é o Proinfância, voltado para a edificação de creches e pré-escolas. De 2007, quando foi lançado por Lula, até 2015, o programa possibilitou contratar a construção de 8.787 unidades voltadas para a educação infantil. O problema é que, agora, a contratação de novas creches está suspensa por tempo indeterminado.Fonte:http://www.serrinhadefato.com/


NOVA APOSENTADORIA DE SERVIDOR PODE ECONOMIZAR R$ 88 BILHÕES

 



O texto aprovado pela comissão especial flexibilizou as regras para segurados do INSS em relação à proposta original, mas endureceu para servidores públicos

As alterações feitas pelo governo para viabilizar a reforma da Previdência na Câmara aumentaram em mais de 40% a expectativa de economia com a aposentadoria de servidores públicos federais na próxima década.

O texto aprovado pela comissão especial flexibilizou as regras para segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em relação à proposta original, mas endureceu para servidores públicos - que têm regras mais favoráveis e estão entre os principais críticos da reforma.

Para o regime dos servidores da União, a expectativa era que o texto original gerasse R$ 62 bilhões de economia de 2018 a 2027. Com as mudanças na Câmara, o número saltou para R$ 88 bilhões.

As projeções do Ministério da Fazenda foram obtidas pela Folha de S.Paulo por meio da Lei de Acesso à Informação.

A reportagem pediu os dados às assessorias de imprensa do Ministério da Fazenda e da Secretaria de Previdência, mas não teve resposta.

Em nota divulgada em abril, o Ministério da Fazenda comunicou apenas a redução de 24% na economia projetada com mudanças no INSS e na assistência social.

Na ocasião, a pasta informou que não incluiu no cálculo o regime dos servidores, mas não explicou o motivo.

Na avaliação de técnicos, o número daria munição a servidores públicos para pressionar mais ainda parlamentares e governo a manter regras mais favoráveis.

Mudança
A reforma da Previdência, que está com a tramitação parada diante da crise política, foi alterada de forma significativa na comissão especial.

O relatório do deputado Arthur Maia (PPS-BA), aprovado em maio, mudou a proposta de cálculo do benefício dos servidores. Essa é uma das principais alterações que podem reduzir o valor gasto com futuras aposentadorias.

Pelo novo texto, funcionários da União que ingressaram no serviço público antes de 2003 só terão direito à integralidade e à paridade se esperarem até 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens).

A integralidade concede benefício com valor igual ao do último salário. A paridade garante a correção da aposentadoria pelo mesmo índice dado aos funcionários ativos.

De acordo com a alteração, aqueles que desejarem se aposentar antes dessa idade terão o benefício calculado com base na média das remunerações. Todas as mudanças dependem de aprovação pelo plenário da Câmara e pelo Senado para vigorar.

Especialista em Previdência, Paulo Tafner estima que a restrição pode reduzir o valor do benefício em até 35%.

Essa é uma das formas contidas na reforma para acabar com privilégios, diz. A aposentadoria de um servidor, segundo Tafner, é de sete a oito vezes maior que a do setor privado. No Judiciário, chega a ser 25 vezes superior.

Fonte: Folha PE

Receita começa a pagar hoje o 2º lote de restituição do Imposto de Renda

 



Receita Federal começa a pagar hoje (17) o segundo lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas 2017. Este lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016, segundo informou o órgão. Cerca de 1,3 milhão de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco.

Ao todo, serão desembolsados R$ 2,533 bilhões. A Receita também pagará R$ 467,2 milhões a 148,2 mil contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2016, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2016, o total gasto com as restituições chegará a R$ 3 bilhões.

As restituições terão correção de 2,74%, para o lote de 2016, a 97,03% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Os dois últimos lotes regulares serão liberados em novembro e dezembro. Se estiverem fora desses lotes, os contribuintes devem procurar a Receita Federal porque os nomes podem estar na malha fina por erros ou omissões na declaração.

A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, a solicitação deverá ser feita por meio do formulário eletrônico – pedido de pagamento de restituição, ou diretamente no e-CAC , no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita produziu um vídeo com instruções.

Colaborou Wellton Máximo
Edição: Aécio Amado
Da Agência Brasil

domingo, 16 de julho de 2017

Faleceu a vereadora Nataly de Riachuelo
Faleceu, na tarde deste domingo (16), no Hospital da Unimed, em Natal, a vereadora Nataly Cavalcanti Pessoa, esposa de o ex-prefeito Macílio Pessoa, irmã da atual prefeita Mara e filha do ex-prefeito Gonzaga (in memorian), todos de Riachuelo.

Nataly havia sofrido um ataque cardíaco na última quarta-feira, tendo sido internada e passado por cirurgia.

À família enlutada, nossa solidariedade.Blog:http://www.blogdosilverioalves.com/

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Festejo junino nais escolas de são pedro

FOI COM MUITA SATISFAÇÃO, QUE EM PERIODO JUNINO, AS ESCOLAS E UNIDADES DE ENSINO MUNICIPAIS COMEMORAM ATRAVÉS DE SUAS FESTIVIDADES. O CLIMA DE ALEGRIA CONTAGIOU TODOS QUE PARTICIPARAM, TEVE MUITA TRADIÇÃO MATUTA E MUITAS REFERÊNCIAS CULTURAIS, TAIS COMO: APRESENTAÇÃO DE DANÇAS, COMIDAS TÍPICAS, PESCARIA, BALAIO JUNINO... AGRADECEMOS A TODOS OS ENVOLVIDOS PELO BELISSIMO TRABALHO.
arraia na escola  Calixto joão no bairro boa sorte

Arraia na escola lagoa do sobrado

Arraia na escola no sitio telha

Arraia na cheche menino jesus

arraia na escola isabel moura de andrade

Arraia na escola Luiz Varela

Arraia na escola Manoel Garcia

Arraia na escola sitio telha
Arraia na escola Manoel soares
Arraia na escola Luiz Varela

Arraia  na escola tomais Garcia
Arraia na escola tomais Garcia 

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Pagamento de boletos vencidos em qualquer banco começa nesta segunda

 

A partir de segunda-feira (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começará a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária.
Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco.

“Eu estou doido para consertar o Brasil”, diz Lula

 


  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse em entrevista ao jornalista Water Santos, da Revista Nordeste, que está “doido para consertar o Brasil” e questionou o preconceito existente com os mais pobres e o Nordeste do país.
Ao iniciar a conversa, Lula lembrou que o atual prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), quando dirigia a Embratur, chegou a propor que a seca do nordeste e a miséria fosse transformada num ponto de atração turística.
O ex-presidente falou sobre a discriminação com os mais pobres. “Eles não aceitam que as pessoas do andar de baixo, subam para o andar de cima”.

Governo do RN firma acordo para fechar sete hospitais

 

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Rio Grande do Norte e Governo do Estado propõe uma avaliação da rede de saúde estadual e implementação de mudanças para que sejam minimizados diversos problemas encontrados nos mais variados procedimentos de investigação em trâmite.
A medida segue as orientações do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) que, após auditoria operacional sobre a rede hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), sugeriu a revisão quantitativa e qualitativa da rede de hospitais estaduais, deixando claro em seu relatório final que há a necessidade de transformação de hospitais regionais em unidades de atenção primária.

Dessa forma, o Governo do Estado tem 60 dias para elaborar um plano de revisão do quantitativo de hospitais da rede, indicando a conversão daqueles que não apresentam condições estruturais de atendimento pleno para Unidades de Pronto-atendimento, Unidade Básica de Saúde, Sala de Estabilização ou outro formato adequado.

A avaliação deve se iniciar por sete unidades hospitalares que atualmente não apresentam as condições adequadas. São elas: Hospital Regional Prof. Dr. Getúlio de Oliveira Sales (Canguaretama); Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira (Caraúbas), Hospital Regional (João Câmara), Hospital Regional Dr. Odilon Guedes (Acari), Hospital Regional (São Paulo do Potengi), Hospital Regional (Angicos) e Hospital Regional (Apodi).

SUBSCRIBE VI
 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Vereador da oposição passa a apoiar a gestão de Mara, em Riachuelo


A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Segundo o Blog Riachuelo em Ação, a prefeita de Riachuelo, Mara Cavalcanti passou  a contar com mais um vereador, até então oposicionista na sua base de sustentação política. Trata-se do edil  Francisco de Assis Gabriel (Neguinho de Gaby) que é filiado ao PC do B.

O vereador Neguinho está no centro da foto acima, de camisa vermelha.Fonte:http://www.blogdosilverioalves.com/

Deputado Fábio Faria recebe prefeitos e lideranças de municípios do RN

 

O deputado federal Fábio Faria recebeu nesta terça-feira (04), em Natal, prefeitos e representantes de diferentes municípios do Rio Grande do Norte, como Antônio Martins, Porto do Mangue, São José de Campestre, Serra Caiada, São Pedro e Vila Flor. O parlamentar ouviu as demandas e se comprometeu a ajudar, através de emendas, nos investimentos para melhor desenvolvimento das cidades potiguares.

Os gestores falaram sobre a necessidade de recursos para diferentes ações, como pavimentação de ruas, instalação de poços, construção de abatedouros públicos e aparelhamento da segurança pública. "Quero continuar andando ao lado dos municípios, sabendo de perto do que precisam. Assim consigo direcionar o trabalho em Brasília para atendê-los o quanto antes, e como for possível", afirmou Faria.

Os três tucanos governadoráveis no RN


 



 
O presidente do PSDB de Natal, Dickson Júnior, coloca três nomes tucanos como possíveis governadoráveis para as eleições de 2018. São eles: o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, o deputado federal Rogério Marinho e o empresário Tião Couto.
 Fonte:Robson Pire

segunda-feira, 3 de julho de 2017

SENADO VOTA URGÊNCIA DA REFORMA TRABALHISTA NESTA TERÇA (04)

 



 
Os senadores analisam na próxima terça-feira (4) um requerimento de urgência para a votação da reforma trabalhista no Plenário. Se o pedido for aprovado, o PLC 38/2017 entra na pauta após duas sessões ordinárias. O presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE) pretende concluir a votação antes do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho.

— A reforma trabalhista pode ser votada na semana que vem, mas meu compromisso com a Casa é de votar até 10 ou 12 de julho. Não tenho angústia de votar hoje, na segunda ou na terça. Vou seguir o regimento e respeitar a oposição — disse Eunício.
O relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e líder do Governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), acredita na aprovação do PLC 38/2017.
— Estamos modernizando a legislação. Não estamos tirando nenhum direito. Mente quem diz que há perda de direitos. Nós vamos debater, e a maioria deverá votar pela aprovação. Há uma vontade de avançar para que governo, empresários, trabalhadores e Justiça tenham uma legislação realista, que possa permitir a empregabilidade no futuro — afirmou Jucá.
Mas a proposta divide inclusive o partido do presidente Michel Temer. Maior bancada na Casa, o PMDB tem 17 senadores a favor e 5 contra o texto que veio da Câmara. Entre os críticos, está o senador Roberto Requião (PMDB-PR).
— Sinto que os parlamentares consideram os trabalhadores como objetos. Eles não têm nenhuma empatia com o trabalho e votam de forma equivocada para a liquidação de todos os direitos trabalhistas num momento de recessão. O que se pretende é liquidar o direito do trabalhador, aviltar seu salário — disse Requião.
A oposição critica a reforma trabalhista. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) diz que a estratégia é tentar adiar a votação da matéria no Plenário, mesmo com a aprovação do regime de urgência.
— Não vamos aceitar que o governo convoque duas ou três sessões num mesmo dia para cumprir prazo. Queremos que se cumpra o prazo regimental, com as sessões ordinárias a cada dia. Essa matéria só pode entrar em pauta na semana do dia 12 — afirmou Gleisi.
Tramitação
Em regime de urgência, a reforma trabalhista segue uma tramitação especial. Na discussão, os senadores podem falar apenas uma vez e por dez minutos cada — cinco a favor e cinco contra a proposta. Mas o presidente Eunício Oliveira avisou que vai conceder a palavra a todos que se inscreverem.
Até esta sexta-feira (30), já havia 13 emendas de Plenário, todas do senador Paulo Paim (PT-RS). Essas sugestões para mudar a reforma trabalhista não precisam voltar para a análise das comissões. Recebem parecer em Plenário.
O PLC 38/2017 recebeu pareceres divergentes durante a tramitação: dois a favor e um contra a proposta. No Plenário, a tendência é de que o projeto seja votado nos termos do último parecer. Na última quarta-feira (28), a CCJ recomendou a aprovação da matéria.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Datafolha: PT atinge maior popularidade

 

O Partido dos Trabalhadores atingiu sua maior popularidade desde a segunda posse da ex-presidente Dilma Rousseff, de acordo com pesquisa Datafolha publicada neste domingo (25) no site do jornal Folha de São Paulo.
Para 18% da população, o PT é o partido preferido. Em seguida, empatados com 5%, aparecem o PSDB e o PMDB. O Datafolha ouviu 2.771 pessoas entre os dias 21 e 23 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
O PT foi líder de popularidade até junho de 2015, quando empatou tecnicamente com o PSDB. Houve uma retomada em maio deste ano, quando atingiu 15%, mas ainda longe do auge de 29% registrado na gestão Dilma em março de 2013, pouco antes das manifestações de junho.
 
Exame

Marcelo Rezende agradece orações: “vou seguir o que Deus mandar”

 

Depois de semanas sem novas publicações no Instagram, Marcelo Rezende voltou a se pronunciar por meio de suas mídias sociais. Em uma publicação, o apresentador esclareceu o sumiço em suas redes.
“Eu fiquei alguns dias sem dar notícia, mas é porque eu estava em pleno tratamento. É assim mesmo: uma hora eu trato um pouco, agora estou em casa, continuo o tratamento em casa”, disse Rezende.
O apresentador do Cidade Alerta, que estava em uma espécie de retiro o qual chamou de “farmácia de Deus”, posou em uma foto com a namorada, Luciana Lacerda, e ainda aproveitou para mandar alguns recados aos fãs.

sábado, 24 de junho de 2017

Temer ficou menor


Com as novas acusações, desta vez da PF e do doleiro do PMDB, o presidente está diminuído — e, no começo da crise, por pouco não renunciou ao cargo 
 
  (Montagem de Anderson Marçal e Douglas Bressar com fotos de Cristiano Mariz/VEJA) 

Desde que seu governo foi atingido na testa pela delação do empresário Joesley Batista, o “bandido notório”, o presidente Michel Temer nunca viveu uma semana tão desastrada. A Polícia Federal, encerrando uma etapa das investigações da delação, concluiu que existem evidências “com vigor” mostrando que Temer praticou ato de corrupção. Além desse petardo, o operador Lúcio Funaro, conhecido como doleiro do PMDB, começou a abrir o bico, como adiantou VEJA na semana passada. Entre outras acusações, disse que o partido mantinha uma quadrilha para abocanhar verbas da Caixa Econômica Federal — e Temer era quem fazia a distribuição dos recursos surrupiados. Com tudo isso, o presidente Temer, mesmo no exterior, encerrou a semana menor do que começou. Com denúncias e acusações surgindo em ritmo quase diário, Temer é hoje um presidente moralmente acossado, politicamente fragilizado e administrativamente atordoado, pois seu governo despende mais energia com a polícia do que com a política. Está se apequenando institucionalmente, obrigado a se explicar a todo instante, instado a bater boca com quem chama de “bandido notório” e testemunhando a agonia de amigos. E sua situação tende a piorar ainda mais. 

VEJA.ABRIL.COM.BR

Sethas-RN realiza capacitação do CadRN para 42 municípios


A Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN) realiza, de 26 de junho a 12 de julho, as oficinas de capacitação para implantação da plataforma Virtual Cadastro Único do RN (CadRN). As oficinas serão realizadas na Escola de Governo. 
Inicialmente, as oficinas serão direcionadas para os 42 municípios habilitados a receberem o Cofinanciamento Estadual de Média Complexidade. Poderão participar os gestores municipais da Assistência Social, os coordenadores dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS e CREAS) e presidentes de conselhos municipais. 
No mês de agosto as oficinas irão contemplar os demais municípios que aderiram ao termo de cooperação para utilização do sistema. 
O CaDRN é um sistema de informações do perfil populacional do Rio Grande do Norte criado por técnicos do Governo do Estado. A ferramenta permite aos profissionais da assistência social ter acesso a dados como população sem acesso a água, habitação, coleta de lixo, nível de pobreza e de alfabetização, dentre outros. 
Os dados do CadRN são extraídos do Cadastro Único do Governo Federal, o mesmo que serve de base para o Bolsa Família, por exemplo. No entanto, diferente deste último, ele poderá ser acessado por uma gama mais ampla de profissionais que precisam de dados para implementação de políticas públicas. 

Assessoria de Comunicação - Sethas/RN

Perícia da PF conclui que não houve edição nas gravações feitas pelo dono da JBS com Temer


Jailton de Carvalho, O Globo 
Perícia da Polícia Federal concluiu que não houve edição nas gravações feitas pelo dono da JBS Joesley Batista. Segundo os peritos, há cerca de 200 interrupções no áudio em que Joesley aparece falando com o presidente Michel Temer. As“descontinuidades” seriam consequência das características técnicas do gravador usado para registrar a conversa. O resultado do laudo já foi informado informalmente ao relator do inquérito no supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin. 

A Procuradoria Geral da República pediu que o laudo concluído pelos peritos já fosse enviado ao MPF. O ministro Edson Fachin autorizou a remessa ainda nesta sexta-feira à PGR. O Palácio do Planalto informou que não iria comentar por não conhecer o relatório. 

Advogado de Temer, Antonio Claudio Mariz de Oliveira disse ao G1 que ainda precisa conhecer a perícia, mas argumentou que não é uma análise definitiva: Fonte http://www.serrinhadefato.com/

PIS/PASEP ESTÁ DISPONÍVEL PARA SAQUE ATÉ PRÓXIMA SEMANA


Quem trabalhou com a carteira assinada em 2015 pode ter direito a receber um dinheiro extra este ano: termina na sexta-feira (30) da semana que vem o prazo para saque do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), relativo ao ano-base 2015. O valor pode chegar a R$ 937, patamar atual do salário-mínimo. 

Têm direito ao abono os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Assembleia Legislativa decreta luto de três dias por morte de Wilma de Faria


O Poder Legislativo, por intermédio dos representantes do povo, os deputados estaduais da 61ª legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, lamentam a morte da vereadora de Natal, ex-prefeita da cidade e ex-governadora do Estado Wilma Maria de Faria. 

Professora ou Dona Wilma, como muitos a chamavam, faleceu aos 72 anos com trajetória marcada como primeira mulher eleita deputada federal no RN, primeira prefeita de Natal e primeira governadora do Estado, eleita e reeleita. Em sua trajetória política, a “guerreira” também somou o trabalho como deputada constituinte e vice-prefeita de Natal, com atuação na área social e liderança em todo o Rio Grande do Norte. 

Por todo o trabalho na política e história do RN, o Poder Legislativo decreta três dias de luto oficial pelo falecimento da ex-governadora. 

Em nome dos deputados estaduais e do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza, a Assembleia presta sinceras condolências aos familiares, amigos e admiradores de Wilma, pedindo a Deus que conforte a todos. 

Palácio José Augusto Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Ex-vocalista da banda Cavalheiros do Forró, Eliza Clívia morre em acidente em Aracaju


No início desta tarde de sexta-feira, 16 de junho, o forró ficou de luto pela morte instantânea da vocalista Eliza Clívia, ex-integrante da banda Cavaleiros do Forró. 
Um fiat Palio com placa de Maceió, que estava a vocalista, colidiu nas imediações da Rua Capela, em Aracaju. Há informações que o motorista ficou gravemente machucado e outras pessoas também veio a falecer. 
Atualmente a cantora estava fazendo carreira solo e tinha programação extensa neste período junino. Após encerrar suas apresentações nas duas emissoras de Aracaju,Eliza Clívia, iria fazer show em Alagoas, como mostra sua agenda abaixo, divulgada na página do Facebook. 
Ela foi uma das cantoras da banda Cavalo de Aço, que continha alguns integrantes da banda Cavaleiros do Forró, e também participou na época de auge da banda Cavaleiros do Forró.

Frete das compras pela internet ficarão mais caras a partir da semana que vem


Em comunicado enviado às agências no final da tarde desta quarta-feira (14), os Correios oficializaram o fim da modalidade e-Sedex para envio de mercadorias. A extinção do serviço está marcada para a próxima segunda-feira (19) e os funcionários já estão sendo orientados a informar os clientes sobre isso. 

O informe também indica a revogação de uma liminar obtida pela Associação Brasileira de Franquias Postais, que, no final do ano passado, conseguiu impedir os Correios de acabarem com o e-Sedex. A mudança já estaria aprovada pelo Conselho de Administração do órgão, ficando, assim, pronta para ser colocada em prática conforme anunciado em novembro. 

De acordo com a orientação dos Correios, todas as autorizações de postagem que utilizavam o e-Sedex, conforme contratos firmados com varejistas e outros operadores de comércio eletrônico, passam a funcionar por meio de Sedex tradicional ou PAC. A partir da próxima segunda, os acordos atuais não serão mais válidos nem renovados. 

Os Correios decidiram acabar com o e-Sedex como uma medida para conter a crise. O serviço, exclusivo para uso do comércio eletrônico, tem o mesmo valor de uma encomenda tradicional, mas opera com a logística e prazos de entrega do serviço expresso. A ideia é reduzir os custos de operação, algo que é rebatido por associações de lojistas, que afirmam que a modalidade representa menos de 30% das receitas do órgão. 

Por mais que uma liminar tenha sido concedida, varejistas de todo o Brasil já se preparavam para o fim do e-Sedex, seja alterando o funcionamento de seus serviços de frete ou apostando em empresas privadas para envio das mercadorias. Em ambos os casos, entretanto, é o consumidor quem perde, passando a ter de esperar mais para receber suas compras, ou, então, pagando mais caro pelo serviço expresso. 

E-commerce Brasil

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Com Conca relacionado, Flamengo é recebido com protestos em Florianópolis


Os jogadores do Flamengo não se livraram dos protestos da torcida fora do Rio de Janeiro.Depois de serem cobrados na porta do CT na sexta-feira, o elenco percebeu a revolta da torcida com as más exibições também em Florianópolis. Um grupo de aproximadamente 30 torcedores de uma organizada foi ao aeroporto da capital catarinense cobrar a equipe, que joga domingo contra o Avaí, às 16h. Xingamentos, gritos de "time sem vergonha" e "queremos raça" deram o tom da chegada. Alex Muralha foi eleito o vilão pelos torcedores.

Materia Completa AQUI

Tiririca chama Rafael Motta de "meu sobrinho" e brinca: "Vai roubar muito ainda"

Uma brincadeira despretensiosa envolvendo os deputados federais Rafael Motta e Tiririca deu o que falar. É o que humorista se referiu a Motta da seguinte forma: “Isso vai roubar muito ainda, se Deus quiser!". O diálogo não passou de uma simples brincadeira, mas digamos que "pegou mal" diante do atual cenário da política potiguar e brasileira. 

É que o deputado estadual afastado Ricardo Motta, pai de Rafael Motta, está sendo investigado por desvios de R$ 19 milhões do Idema/RN. Semana passada, o deputado foi afastado do cargo a pedido do Procurador-Geral da Justiça do RN, Rinaldo Reis. 

Segundo a coluna da jornalista Débora Bergamasco, da revista ISTOÉ, num cantinho do plenário da Câmara há uns dias, Tiririca (PR-SP) sentou o deputado Rafael (PSB-RN) em seu colo. Abraçava-o chamando de “meu sobrinho”. Ao final, elogiou Motta para outros colegas e assessores que o acompanhavam. 

“Isso vai roubar muito ainda, se Deus quiser! Chama o titio, tá? Nada de mala, tá? Pochete passa despercebida. Mala dá muito na cara”, brincou. Motta riu. Tiririca disse a ISTOÉ que conheceu Motta em Natal e se impressionou com sua “atuação humilde”. 

* Fonte: Na Ficha da Polícia via Mossoró Hoje

sábado, 10 de junho de 2017

O DILEMA DO PSDB: FICAR COM A BASE OU SALVAR SEUS RÉUS E MORRER COM TEMER?

 



Chanceler do governo de Michel Temer, o tucano Aloysio Nunes diz que o PSDB não é Madame Bovary para trair. Prestes a ter um pedido de prisão julgado pelo Supremo Tribunal Federal, o senador afastado Aécio Neves também opera nos bastidores para que os tucanos continuem abraçados ao mais impopular governo da história do Brasil, que conquistou o poder por meio de um golpe parlamentar e produziu o maior desemprego já visto no país. 

Na base do partido, no entanto, o sentimento é de revolta. Nesta sexta-feira, o diretório paulista do PSDB, liderado por Pedro Tobias, aderiu ao Fora Temer. "A maioria da base em São Paulo apoia o rompimento total da relação com o governo Temer. Vou pra Brasília dizer isso na segunda-feira. Defenderei a tese de São Paulo, que é pela saída total", diz ele. 

Esse movimento já tinha o apoio do diretório fluminense, comandado por Otávio Leite. "O fato é que, diante das revelações provenientes da delação da JBS, entendemos que o presidente da república não dispõe de condições políticas e éticas para dissipar a grave instabilidade que impera no país e prosseguir liderando o processo de reformas que tanto necessitamos", afirma. 

Os dois sabem que Temer representa hoje o beijo da morte, apesar de ter sido absolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta sexta-feira 9. Diante disso, a questão óbvia: por que o PSDB nacional, comandado por Tasso Jereissati, ainda não desembarcou? 

Eis a resposta: porque sofre a pressão de políticos investigados por corrupção, como Aécio Neves e Aloysio Nunes. Na segunda-feira, os tucanos decidirão se ficam com sua base ou com seus investigados.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Secretaria Municipal de Educação realiza festa das Mães.

Em clima de festa do dia das Mães, a Secretaria Municipal de Educação, juntamente com os diretores e coordenadores, espalhou a alegria de comemorar uma data tão especial e significativa, a qual se estendeu por todas as Escolas e Unidades de Ensino do Município de São Pedro . Agradecemos a todos, principalmente as Mães que vieram fazer parte!

Cortar luz por falta de pagamento passa a ser proibido em todo território brasileiro

As informações são do jornal Sobral 24 horas, que explicou o teor da resolução 414/2010, da Aneel – Agencia Nacional de Energia Elétrica. 
“O consumidor que não pagou uma conta de luz há mais de 90 dias não pode mais ter a eletricidade cortada – desde que as faturas posteriores à conta atrasada estejam quitadas. Essa é a nova determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para proteger o fiel pagador que, eventualmente, esqueceu de pagar uma fatura – que é antiga demais ou pode não ter sido enviada pela concessionária.” 
Segundo informa o jornal, a resolução foi editada para evitar confusões, já que, em muitos casos consumidores acabavam tendo a energia cortada por atraso em pagamento de boletos vencidos há anos – em muitos casos quem deixou de pagar sequer foi o atual morador do imóvel, que acabava por pagar o pato. 
“Não se pode penalizar o consumidor que por acaso esqueceu ou falhou no pagamento – e a concessionária teve 90 dias para lembrá-lo e não o fez. A distribuidora não pode cortar com base numa conta que ficou esquecida lá atrás, sendo que o consumidor fez os pagamentos posteriores. É para evitar esse tipo de situação”, diz Romeu Donizete Rufino, diretor da Aneel.http://www.serrinhadefato.com/